Prof. Doutor. Ovídeo Costa

Prof. Doutor. Ovídeo Costa
Cardiologia

Prof. Doutor Ovídeo Costa

Formação Académica

Licenciatura pela Faculdade de Medicina em 1973
Doutoramento pela Faculdade de Medicina em 1987
Agregação Faculdade de Medicina em 1994

Cargos

Cardiologia - Professor na Faculdade de Medicina do Porto
Chefe de Serviço em Medicina no Hospital S. João
Director do Departamento de Educação Permanente do Hospital S. João
Director Clínico do Centro de Medicina do Porto
Coordenador do Curso de Pós - Graduação em Medicina Desportiva da Faculdade de Medicina do Porto

Área de Actividade Cientifica

Cardiologia- Electrocardiografia e hemodinâmica não invasiva.
Variabilidade de sinais cardio-respiratórios: frequência cardíaca, pressão arterial e
respiração.
Morte cerebral.
Cardiologia do desporto.
Morte súbita de atletas: Estratificação do risco cardíaco em atletas.
Prevenção da morte súbita nos recintos desportivos (em colaboração com Centro de Medicina Desportiva do Porto: formação teórico-prática de desportistas e agentes
desportivos (cursos de suporte básico devida, cardioversão ...)
Medicina. Educação do doente (self care): divulgação dos conhecimentos e habilidades (skills)que permitem que o doente cuide melhor de si próprio.
Colaboração com a RTP (protocolo H.S. João do Porto/RTP), Jornal de Noticias (colaboraçãosemanal) e página na internet do Departamento de Educação Permanente
do H.S.João.

Publicações

João Freitas, J. Puig, M.J. Carvalho, A.P.Rocha, P.Lago Cunha, Ovidio Costa e Falcão de Freitas.: A model of heart rate variability absence. Eur.J.C.P.E (abstracts) 1993;3;I
150
Freitas J., J. Puig, J. Teixeira, M. Carvalho, Costa O. and Freitas AF..: Heart rate
variability as an assessment of brain death. JAAC. 1994; 1A-484A,66A.
Freitas J., Puig J., Carvalho MJ., Rocha AP, Lago P., Cunha D, Costa O. e Freitas AF.: Role of thecentral nervous system in autonomic reflexes. J. Hypertension 1994; 12
(suppl 3). S234.
J. Freitas, M.J. Carvalho, J. Almeida, Ovidio Costa, A. Falcão de Freitas.: Circadian
ttern of hear rate variability in patients with severe autonomic dysfunction (familial
amyloidotic polyneuropathy - type 1). Aceite para publicação no Journal of
Electrocardiology